Redefinir Senha

Seu resultado de busca

Arquitetura moderna

É a sua forma de proporcionar inspiração e satisfação, unindo muito bem o aspecto praiano com o moderno. Sua estrutura possui:

– Cadeiras e Sombrinhas na praia
– Monitoramento e segurança 24 horas
– Paisagismo com iluminação
– Academia moderna
– Quadra poliesportiva
– 4 piscinas, 1 coberta e aquecida
– Vagas de estacionamento incluída
– Acesso privado a praia

O local

Situado na ilha de Florianópolis, abraçado no mar cristalino da Praia do Santinho, o Costão das Gaivotas é cercado por belezas e encantos. Através de um caminho particular de 50 metros é possível sentir a areia da praia acariciar os pés, e em alguns passos a mais o mar lavar a alma. Dunas, costão com registros rupestres, trilhas, extensa praia para esportes, são elementos que proporcionam uma experiência divina.

 

Meio ambiente

Acreditamos que o luxo é status chego quando houve muita dedicação, criando projetos com foco em qualidade de vida, preservação ambiental e preservação do patrimônio histórico e cultural da região. É fundamental incluir e valorizar a comunidade local para o desenvolvimento social sustentável. A qualidade dos serviços ofertados + o ambiente territorial,  nos transformam em um atração turística

– Conservação das áreas de preservação permanente
– Passarela ecológica que garante preservação da vegetação litorânea
– Revitalização de acesso público a Praia do Santinho
– Sistema de separação e reciclagem de resíduos
– Captação e reuso das águas pluviais
– Estação de tratamento de esgoto
– Pavimentação permeável – ecologicamente correta

Localização

O Costão das Gaivotas está localizado na Praia do Santinho na cidade de Florianópolis, Santa Catarina- Brasil. Esta que foi a cidade nomeada pela revista brasileira semanal Veja como “o melhor lugar para se viver no Brasil”. Com mais de 42 praias em sua extensão, e uma rica diversidade natural, Florianópolis é um lugar muito atraente para aventuras e os mais diversificados esportes. Apesar do aspecto natural e histórico, pois foi uma cidade colonizada por açorianos, vem acontecendo uma forte urbanização em alguns locais, tornando a cidade numa capital moderna mas sem deixar suas raízes “manés”, apelido dos que aqui nasceram e mantém as culturas da ilha.